SEXUALIDADE E ESCOLA: DISCUTINDO A DIVERSIDADE SEXUAL, O ENFRENTAMENTO AO SEXISMO E À HOMOFOBIA

 

MEC 2012:

    Nesse ano, estaremos desenvolvendo mais um curso direcionado aos/às profissionais da educação. O mesmo também será financiado pelo Ministério da Educação e Secretaria da Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. No total, o curso prevê a participação de 500 profissionais da educação da rede pública de Educação Básica (professores/as e profissionais das equipes pedagógica e diretiva), de cinco municípios do estado do Rio Grande do Sul: Rio Grande, Canguçu, Jaguarão, Bagé e Uruguaiana. O objetivo do curso é construir conhecimentos acerca da promoção, respeito e valorização da diversidade sexual, orientação sexual e identidade de gênero, colaborando para o enfrentamento da violência sexista e homofóbica no âmbito das escolas.


    O curso terá uma duração de 80 horas e será desenvolvido de forma semi-presencial, ou seja, terá encontros presenciais nos municípios citados e encontros a distância, através da Plataforma Moodle. Além disso, os/as profissionais que participarem do curso deverão elaborar e aplicar um projeto de intervenção em suas escolas, pois acredita-se que, assim, as discussões realizadas ao longo do curso chegarão efetivamente às escolas. O projeto prevê o encerramento em um encontro presencial na cidade do Rio Grande, com todos/as os/as profissionais da educação participantes do curso.


Material de divulgação do Curso Sexualidade e Escola - Polo Rio Grande e São José do Norte

Material de divulgação do Curso Sexualidade e Escola - Polo Bagé

Material de divulgação do Curso Sexualidade e Escola - Polo Jaguarão

Material de divulgação do Curso Sexualidade e Escola - Polo Uruguaiana

Material de divulgação do Curso Sexualidade e Escola - Polo Canguçu


 GÊNERO E DIVERSIDADE NA ESCOLA: APERFEIÇOAMENTO MODALIDADE A DISTÂNCIA


      O projeto Gênero e Diversidade na Escola é resultado de uma articulação entre diversos ministérios do Governo Federal Brasileiro (Secretaria Especial de Políticas para Mulheres, Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e o Ministério da Educação), o British Council (órgão do Reino Unido atuante na área de Direitos Humanos, Educação e Cultura) e o Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (CLAM/IMS/UERJ). O mesmo teve como objetivo, oferecer aos profissionais da educação básica da rede pública da região sul do Rio Grande do Sul conhecimentos acerca da promoção, respeito e valorização da diversidade étnico-racial, de orientação sexual e identidade de gênero, colaborando para o enfrentamento da violência sexista, étnico-racial e homofóbica no âmbito das escolas. O curso foi realizado em 2009 e 2010 e atendeu aos polos de Mostardas (abrangendo também a demanda dos municípios de Bujuru e Tavares), Santa Vitória do Palmar (a ser implementado em parceria com o município do Chuí), Santo Antônio da Patrulha (atendendo a região do Vale do Paranhãma e do Vale dos Sinos) e São Lourenço do Sul (que poderá atender também a demanda de Turuçu, Cristal e outros municípios da região). Esse curso teve um total de 160 horas e foi realizado na modalidade a distância, sendo utilizada a Plataforma Moodle para os debates sobre as referidas questões. Além disso, houve três encontros presenciais, que permitiram um maior contato entre os/as cursistas, as tutoras e as professoras.